Sobre Nós

Nossa história e expertise

Quem somos e o que fazemos

A R.TORSIANO nasceu da demanda de produtores rurais, agricultores familiares e empresas que buscam regularidade fundiária, registral e ambiental de imóveis rurais e segurança jurídica nas transações de terras.

A complexa situação fundiária de algumas regiões do Brasil exige atenção de quem deseja comprar ou já adquiriu imóveis. A existência de títulos precários, da complexidade que envolve os registros de imóveis, de áreas irregulares segundo a legislação agrária, registral e ambiental, sobreposição de imóveis com áreas de interesse federal, ou com áreas de outros detentores privados são algumas dessas complexidades que exigem um cuidado nas transações imobiliárias e expertise técnica.

A R.TORSIANO acumula vinte anos de experiência atuando em questões agrárias, fundiárias e ambientais no país, com ênfase em cadastro de terras, regularização fundiária, regularização ambiental, registro imobiliário, inventários, desapropriação de imóveis, apoio à implementação de projetos de infraestrutura e produção de energia renovável. Temos expertise técnica em processos de mediação e conciliação de conflitos fundiários que envolvem empreendimentos ou ações estatais e comunidades locais impactadas.

Oferecemos uma visão inovadora para o desenvolvimento de soluções através de trabalho técnico multidisciplinar que engloba as dimensões fundiária, produtiva e ambiental, com vistas a garantir maior segurança jurídica para proprietários e compradores de imóveis.

Atuamos para resolver problemas relacionados à documentação do seu imóvel e, de maneira preventiva, prestando assessoria na hora de adquirir terras e iniciar projetos produtivos.

Além de buscar segurança jurídica, a R.TORSIANO elabora soluções técnicas para garantir uma produção econômica e ambientalmente equilibradas, a partir de análises territoriais de especialistas em planejamento do uso da terra e do desenvolvimento de projetos de produção agrícola adequados.

 

 R.TORSIANO. A consultoria mais completa para o meio rural.

Sobre Nós
Diretor Executivo

Richard Martins Torsiano

Especialista internacional em governança e administração de terras, com mestrado em Cadastro e Ordenamento Territorial pela Universidade de Jaén, Espanha.

Foi Diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) por dez anos, tendo coordenado políticas nacionais de gestão fundiária, como o cadastro de terras, regularização fundiária, cartografia, regularização de territórios quilombolas e aquisição de terras por estrangeiros. Gestão que lhe rendeu os dois maiores prêmios nacionais de inovação na gestão pública. Coordenou a formulação do Programa Terra Legal de regularização fundiária na Amazônia. Liderou processos de mediação de conflitos agrários envolvendo comunidades tradicionais, produtores rurais, áreas de segurança nacional e empreendimentos de produção agrícola e de energias renováveis, atuação que lhe rendeu a medalha Mérito Tamandaré, maior comenda da Marinha do Brasil.
Consultor da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e do Banco Mundial no tema de governança fundiária na América Latina e Caribe. Participou de diversas missões internacionais na América Latina, África, Europa e EUA.

É Coordenador Executivo do Núcleo de Regularização Fundiária da Corregedoria Geral de Justiça do Piauí, é idealizador e co-fundador do Fórum Fundiário dos Corregedores Gerais de Justiça da região do MATOPIBA. Em 2020 recebeu do Governador do Piauí a medalha Mérito Renascença, maior comenda do Estado.

É Professor da Escola Nacional da Magistratura e Professor convidado do mestrado na Faculdade de Engenharia Cartográfica e Geodésia da Universidade de Jaén, Espanha.
É membro do Grupo de Pesquisa em Governança de Terras da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pesquisador do Grupo de Políticas Públicas da Escola Superior de Agronomia da Universidade de São Paulo ESALQ/USP.

Em 2020 foi eleito Diretor-Presidente do Centro de Inteligência para Governança de Terras e Desenvolvimento Sustentável (CITE).

 

Richard Martins Torsiano
Nossos colaboradores

Equipe

Roberto Élito  Dos Reis Guimarães

Roberto Élito Dos Reis Guimarães

Advogado, Mestre em Direito Agrário pela Universidade Federal de Goiás, Especialista em Direito Agroambiental e Especialista em Direito Notarial e Registral.. Ex-advogado da União (2005-2020), atuando na Consultoria Jurídica do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA (2005-2017), na Secretaria Especial de Desenvolvimento Agrário – SEAD (2017-2019) e na Consultoria Jurídica do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA (2019-2020). Foi servidor do INCRA (1980-2005). Autor do Livro “Terrenos marginais de rios federais: domínio e sua indenização nas desapropriações agrárias” e de vários artigos na área agrária, fundiária e ambiental.

Alberto  Barreto

Alberto Barreto

Engenheiro Agrônomo, doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP) e Pós-doutor pelo Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Atua nas áreas de planejamento do uso da terra e modelagem espacial com ênfase em produção agropecuária, desenvolvimento rural e meio ambiente. No Grupo de Políticas Públicas da Escola Superior de Agronomia da USP coordena o desenvolvimento de soluções em políticas públicas através de análise de dados e geotecnologias.

Orides  Langer

Orides Langer

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos-RS). Gerenciou o Serviço Cadastral do INCRA no Rio Grande do Sul por mais de uma década e foi gestor da Divisão de Ordenamento da Estrutura Fundiária da autarquia no estado, possuindo ampla experiência em cadastro, elaboração de cadeia dominial de imóveis e geoprocessamento. Atuou como consultor técnico junto ao Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e como Técnico em Geoprocessamento em projetos da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Renato  Ribeiro de Almeida

Renato Ribeiro de Almeida

Advogado, Doutor em Direito pela USP, com ênfase em Direito do Estado e mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Professor de pós-graduação em Direito, palestrante e escritor.

José Alberto Maia Barbosa

José Alberto Maia Barbosa

Advogado, atuante desde 1985 nas áreas do Direito Ambiental, Civil, Imobiliário, Notarial e Registral. Tem Pós-Doutorado em Governança de Terras pelo Instituto de Economia da Universidade de Campinas – UNICAMP. Doutorado em Ciências pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Universidade de São Paulo - USP. Especialização em Direito Ambiental e Civil pela Faculdade de Direito da Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP. Especialização em Direito Imobiliário e Bacharelado em Direito pela Faculdade de Direito do Centro Universitário Padre Anchieta- UNIANCHIETA. É professor universitário nas áreas de Legislação Ambiental, Recursos Energéticos, Sistemas de Gestão Ambiental, Licenciamento Ambiental e Metodologia da Investigação Científica.

Marcelo Trevisan

Marcelo Trevisan

Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal de Santa Maria, com Especialização em Educação do Campo pela Universidade Federal do Paraná e em Direito Agrário pela Universidade de Araraquara. Possui ainda Especialização Internacional em Cadastro Multipropósito pela Universidade de Jaén na Espanha. Atualmente cursa o Mestrado Internacional em Cadastro Multipropósito e Avaliações pela mesma Universidade. Atuou junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA, tanto na Superintendência Regional do Rio Grande do Sul quanto em Brasília. Foi Coordenador Nacional de Regularização Fundiária, desempenhando também a atribuição de Diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária Substituto em apoio e execução de políticas voltadas aos temas de cadastro de terras, regularização de territórios quilombolas, certificação de georreferenciamento de imóveis rurais, regularidade de imóveis em faixa de fronteira e aquisição de terras por estrangeiros. Foi assessor na Secretaria de Governo da Presidência da República, onde atuou acompanhando políticas fundiárias do governo federal. Atualmente, é consultor da Universidade de Brasília e do Banco Mundial, junto ao Núcleo de Regularização Fundiária da Corregedoria de Justiça do Estado do Piauí. Também é perito judicial e Conselheiro do Centro de Inteligência para Governança de Terras e Desenvolvimento Sustentável – CITE.

Luciane Moessa

Luciane Moessa

Luciane Moessa passou metade de sua carreira jurídica no setor público, na qualidade de Procuradora do Banco Central do Brasil, de onde está licenciada, e na Câmara de Conciliação da Advocacia-Geral da União. No setor privado, atuou como assessora jurídica (áreas ambiental, trabalhista, tributária, societária e propriedade industrial) da Cooper Standard Automotive no Brasil e, depois, teve seu próprio escritório de advocacia. É Mestre pela UFPR, Doutora pela UFSC e realizou pesquisa de Pós-Doutorado pela USP, tendo realizado pesquisas no exterior durante Doutorado (Universidade do Texas), sobre Mediação de Conflitos Coletivos que envolvem Políticas Públicas (2010), e também durante o Pós-Doutorado (Università Luigi Bocconi), versando sobre Sustentabilidade Socioambiental no Sistema Financeiro (2015). Fundou a Soluções Inclusivas Sustentávais (SIS), que é membro do Laboratório de Inovação Financeira, uma iniciativa do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e ABDE (que congrega as instituições financeiras de desenvolvimento/fomento) para fomentar o mercado de capitais e as Finanças Verdes e Sociais no Brasil, e da Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura. Desde 2020, Luciane Moessa tem trabalhado com a organização britânica Global Canopy para a criação da Taskforce on Nature-related Financial Disclosures (TNFD). É autora de dezenas de artigos, artigos publicados na imprensa especializada e de quatro obras individuais, com destaque para “Sistema Financeiro e Desenvolvimento Sustentável: regulação, autorregulação, boas práticas, propostas de aprimoramento e de parâmetros para responsabilização em caso de danos socioambientais causados por atividades financiadas” (Editora Lumen Juris, 2018).

Consultoria com confiabilidade e segurança A regularização das suas terras em boas mãos

(61) 99666-3998